Loading...

Blog

Útimos posts do blog

Quer vender bem? Tente vender para sua tia!

[:pb]

Já parou para pensar que as pessoas precisam conhecer os produtos antes de comprá-los … e antes de vendê-los também?

Olá pessoal,

O título parece brincadeira mas tem toda uma verdade que sustenta essa teoria. Em uma esmagadora quantidade de casos, quando tratamos de vender produtos no e-commerce, dificilmente isso (a venda) é feita por uma pessoa só.

O produto vem do fabricante, que investiu pesado em pesquisa, marketing e estudo antes de lançar um produto ao mercado. Depois ele é negociado junto ao comercial da loja que irá decidir vender ou não. Normalmente é nessa hora que o fabricante consegue explicar um pouco melhor quais as vantagens do seu produto.

Aqui começa o maior problema…

A partir disso, quem fica responsável pelo cadastro na loja, pelo texto que será redigido, as imagens que serão utilizadas são outras equipes que, cada uma em sua função, vão montando o quebra-cabeças que no final da linha deveria ser o produto bem exposto e sendo muito bem explicado na vitrine da loja.

Replique esse fluxo a 200, 600, 1000 produtos por dia sendo cadastrados, de cotonetes a computadores, tudo passa por essa fila alucinante para atender a sortimentos cada vez maiores.

[eltd_blockquote text=”É quase impossível conhecer bem um produto nessas condições, quanto mais vendê-los.” width=””]

É nessa hora que pessoas como sua tia, aquela lá do título, tenta comprar uma TV e se depara com milhares de informações sem pé nem cabeça sendo disparadas como uma metralhadora. Todas as TVs são as melhores, todas são ideais, todas são tudo!.. quem consegue definir bem uma compra dessa maneira?

Com base nesse cenário é que a iSee trabalha com grandes players da indústria e do varejo. Um dos nossos principais trabalhos é ir até o fabricante, entender o produto, seus benefícios, ilustrá-los de maneira clara e objetiva e depois implementar esse modelo nos e-commerces.

Todo esse trabalho é diagramado de maneira vendedora, que dá condições ao consumidor de ver, entender e interagir com o produto que lhe é de interesse e oferecer uma venda justa e satisfatória de maneira que até aquela sua tia consiga entender quais os diferenciais e vantagens está comprando.

[eltd_blockquote text=”A tia feliz volta mais vezes a loja, indica a suas amigas, recomenda no Facebook e sim! Esse cenário é sonho de consumo para qualquer e-commerce.” width=””]

Conversão? Sim. Esse é um ponto importante. Obviamente existe diversos fatores que influenciam a venda como preço, frete, prazo de entrega.. mas só para constar a média de incremento na conversão de produtos em um simples antes e depois nunca esteve abaixo dos 35%. Em uma situação econômica como a de hoje, conheço algumas pessoas da área comercial que venderiam o próprio fígado por um resultado desses.

Quer vender mais e melhor? Sua tia precisa entender o que está comprando!

Se quiser saber mais saber mais sobre o que a iSee faz, clique aqui.

Até a próxima!

Fonte Imagens: Getty Images[:en]

Have you ever stopped to think that people need to know the products before you buy them…

Hello guys,

The title sounds like a joke, but there is a whole truth behind this theory. In an overwhelming number of cases, when we try to sell products in e-commerce, this is hardly (the sale) made by one person.

The product comes from the manufacturer, who invested heavily in research, marketing and study before launching a product to market. Then it is negotiated next to the commercial of the store that will decide to sell or not. Normally it is at this time that the manufacturer can explain a little better what the advantages of your product.

Here begins the biggest problem …

From this, who is responsible for the registration in the store, for the text that will be written, the images that will be used are other teams that, each in its function, are mounting the puzzle that at the end of the line should be the product well Exposed and being very well explained in the shop window.

Replicate this flow to 200, 600, 1000 products a day being registered, from swabs to computers, everything goes through this hallucinating queue to meet growing assortments.

[eltd_blockquote text=” It is almost impossible to know a product well under these conditions, the more you sell them.” width=””]

It is at this time that people like your aunt, that one in the title, try to buy a TV and come across thousands of information without head and foot being shot like a machine gun. All TVs are the best, all are ideal, all are everything! .. who can set a purchase well this way?

Based on this scenario is that iSee works with major players in the industry and retail. One of our main jobs is to go to the manufacturer, understand the product, its benefits, illustrate them clearly and objectively and then implement this model in e-commerces.

All this work is diagrammed in a selling way, which gives the consumer the ability to see, understand and interact with the product that is of interest and offer a fair and satisfactory sale so that until your aunt can understand what the differentials and advantages are shopping.

[eltd_blockquote text=”The happy aunt comes back more times to the store, indicates to her friends, recommends on Facebook and yes! This scenario is consumer dream for any e-commerce.” width=””]

Conversion? Yes. That’s an important point. Obviously there are several factors that influence the sale as price, freight, delivery time .. but only to include the average increase in the conversion of products in a simple before and after was never below 35%. In an economic situation like today, I know some people in the commercial area who would sell their own liver for such a result.

Want to sell more and better? Your aunt needs to understand what she’s buying!

If you want to know more about what iSee does, click here.

See you soon.

Source Images: Getty Images[:es]

ya paro para pensar que las personas precisan de conocer los productos antes de comprarlos…

Hola todos,
El título suena como una broma, pero hay una verdad entera detrás de esta teoría. En un número abrumador de casos, cuando intentamos vender productos en e-comercio, esto (la venta) muy difícilmente es hecha apenas por una persona.
El producto viene del fabricante, que invirtió pesadamente en la investigación, la comercialización y el estudio antes de lanzar un producto al mercado. Entonces se negocia junto al área comercial de la tienda que decidirá venderlo o no.
Es normalmente en este momento que el fabricante puede explicar un poco mejor las ventajas de su producto.
Aquí comienza el problema más grande…
A partir de este momento, el que se queda responsable del registro en el almacén, del texto que será escrito, de las imágenes que serán utilizadas son otros equipos que, cada uno en su función, están montando el rompecabezas que al final debe ser el producto bien expuesto y que es muy bien explicado en la ventana de la tienda.
Repliegue este flujo a 200, 600, 1000 productos al día siendo puestos, de esponjas a computadoras, todo pasa a través de esta coleta alucinante para atender los surtidos crecientes.

[eltd_blockquote text=”Es casi imposible conocer bien un producto bajo estas condiciones, y más venderlos.” width=””]

Es en este momento que personas como su tía, aquélla en el título, intenta comprar una TV y se ve de frente con millares de información sin pie ni cabeza que son tirados como una ametralladora.
¡Todas las TV son las mejores, todas son ideales, todas son toda! .. ¿quién puede definir bien una compra de esta manera?
Con base en ese panorama que iSee trabaja con los grandes competidores de la industria y la venta al por menor. Uno de nuestros trabajos principales es ir hasta el fabricante, entender el producto, sus ventajas, ilustrarlos de manera clara y objetiva y después implementar este modelo en los e-commerces.

Todo este trabajo es hecho de una manera vendedora, que da al consumidor la capacidad de considerar, entender y interactuar con el producto que es de su interés y ofrecer una venta justa y satisfactoria de modo que hasta su tía pueda entender los diferenciales y las ventajas de lo que está comprando.

[eltd_blockquote text=”¡La tía feliz se vuelve más veces a la tienda, indica a sus amigas, recomienda en Facebook y sí! Este panorama es el sueño de consumo para cualquier e-comercio. ” width=””]

¿Conversión? Sí. Eso es un punto importante. Obviamente hay varios factores que influencian la venta como precio, flete, plazo de entrega. Pero solamente para registrar, el aumento medio en la conversión de productos en un simple antes y después nunca estuvo por debajo del 35%. En una situación económica como la de hoy, conozco algunas personas en el área comercial que venderían su propio hígado para obtener tal resultado.

¿Deseas vender más y mejor? ¡Su tía necesita entender lo que ella está comprando!
Si usted desea saber más sobre qué iSee hace, clique aquí.
Hasta la próxima!

Fuente de Imágenes: Getty Images[:]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*